quinta-feira, 19 de março de 2009

Coisas do Dia a Dia

Hoje vindo trabalhar alguns fatos curiosos me prenderam a atenção, levando-se em conta que fazia apenas 10 minutos que havia saído de casa, acredito que é demais para uma cabeça só.

Vocês ficaram sabendo do novo esporte que surgiu? Não?

Então lápis e papel na mão: se chama Fórmula Loucação – mistura de lotação com ação e loucura –, menino, é emocionante imaginar que sua vida esta nas mãos de um louco ao volante. O micro ônibus em que eu estava, popularmente conhecido como LOTAÇÃO – com letras garrafais e maiúsculas –, imaginem porque, agora imaginem em dia de chuva (que não é o caso de hoje)...é Mané, a vida não é fácil para quem quer vida fácil, enfim, voltemos à corrida. Me encontrava apertado num microespaço junto com muita gente.
Vocês precisavam ver a torcida para ganharmos a disputa que envolvia três LOTAÇÕES – nós (até o momento) estávamos em segundo lugar –, os passageiros xingavam a cada perda de controle do motorista, um menino que se esforçava projetando quase o corpo inteiro no volante, língua no canto da boca, barbas delineadas com as costeletas, testa suada e olhar vidrado nos oponentes. Eu particularmente, o defendi das acusações que a senhora ao lado proferia contra ele: acho injusto um trabalho onde não há reconhecimento. Nós perdemos a corrida quando passou de um ponto mesmo uma passageira apertando o alerta de desembarque. O rapaz não parou e em uníssono gritaram todos: ‘VAI DESCER, MOTORISTA’. Consequentemente tivemos que parar e a LOTAÇÃO de trás passou que nem uma flecha, nem deu tempo de ver a placa.
Assim transcorreu o primeiro caso. O segundo caso foi fora da LOTAÇÃO. Estava descendo a avenida principal do bairro vizinho ao meu – isto depois da corrida – que para efeitos antropológicos é o melhor lugar do mundo (tirando o Centro velho, o Brás e a 24 de maio que reagem em proporções maiores) para entender uma cultura totalmente independente, desconhecida pela minoria e escondida pela maioria.
Ainda no ponto de ônibus esperando a primeira condução que me servisse, eu observava um homem que tentava afrontar os automóveis ficando praticamente no meio da avenida – é absurdo como o perigo atrai as pessoas mostrando diferentes faces – e falava calmamente com alguém pelo celular. Cara...esta via é frenética, é carro voando e gente (muita) parada pela massa que se acumula, e o homem parado lá no meio obrigando os carros a desviar – um trólebus (espécie de bonde) passou raspando suas pernas - uma vez ironicamente um motorista me disse que para frear estes ônibus precisava começar a pisar no freio cinco minutos antes –, o indivíduo continuou ali, intacto e estático com seus braços fazendo uma espécie de triângulo ao segurar o celular nos ouvidos. O desfecho não vi, mas provavelmente continuou mais um tempo e desistiu por ver que ninguém se importava com ele.
Esta condução me deixou no metrô, dentro do vagão tinha um rapaz novo e de boa aparência que faltava morder a testa, chupando o nariz e limpando com um lenço – é belo! a balada foi boa hein?! Bem... estas serão outras histórias que talvez eu nunca conte, já passou. Só garanto que dentro do mesmo metrô que encerro meu escrito acontecerá muita coisa ainda – deixo pra outro dia.





Este é um amigo meu, um cara com cabeça pra frente. bommm...simmm!!! como ele falaria.
mais trabalhos: http://www.flickr.com/photos/s_grapheex/



As músicas... de casa até aqui? não tem condições de colocar todas, selecionei umas que encontrei o link no youtube.
http://www.youtube.com/watch?v=JJLTmuudfqU Bobby "Blue" Band
http://www.youtube.com/watch?v=bweLAbtGo-g Nouvelle Vague
http://www.youtube.com/watch?v=uK-wP_fBHfs Modern English
http://www.youtube.com/watch?v=n6r4KT8-VX0 The Killers
http://www.youtube.com/watch?v=uOmdmO0v1oo Damien Rice
chega né!



Dica
Entre num boteco sujo e peça uma cerveja, cuidado com a carteira hehehe.

2 comentários:

coffee-break disse...

te assaltaram?

meu.. só pq vc falou que precisava postar mais que eu, tô numa correria danada esses dias :(

e estressada tb.
mas você leu o post.

e você viu que o branco vai continuar a todo vapor né... mas sem comentários. lá apenas terão coisas "necessárias" e "desnecessárias" e "conversas" do meu dia-a-dia... nada elaborado demais, pode comentar no amarelo, é o mesmo perfil :]

adorei o "racha" das lotações! huahaua

é tipo o "aeroporto"... os motoristas deste ônibus são sempre malucos! e eu pego ele todo dia...

leia mais drummond!

beijos

marcelo cajui disse...

nem me fala em estress viu.

são demais estes rachas rachas, fala aí! é de trancar o fiofó e não passar nem agulha. hehehe

sujestão aceita e em prática.